Ferramentas do usuário

Ferramentas do site


03_apostila:01-intro

Diferenças

Aqui você vê as diferenças entre duas revisões dessa página.

Link para esta página de comparações

Ambos lados da revisão anterior Revisão anterior
Última revisão Ambos lados da revisão seguinte
03_apostila:01-intro [2020/08/12 06:49]
admin
03_apostila:01-intro [2020/08/20 16:09]
adalardo
Linha 64: Linha 64:
 Em ambiente UNIX (como o Linux, por exemplo), podemos iniciar o R a partir do interpretador de comandos (//shell//) digitando o comando ''​R'':​ Em ambiente UNIX (como o Linux, por exemplo), podemos iniciar o R a partir do interpretador de comandos (//shell//) digitando o comando ''​R'':​
  
-<​code>​+<​code ​rsplus>
 parsival@jatai $ R parsival@jatai $ R
 </​code>​ </​code>​
Linha 72: Linha 72:
 Independentemente de como inicia, o R apresenta uma tela com (aproximadamente) a seguinte forma: Independentemente de como inicia, o R apresenta uma tela com (aproximadamente) a seguinte forma:
  
-<​code>​+<​code ​rsplus>
 R version 2.7.0 (2008-04-22) R version 2.7.0 (2008-04-22)
 Copyright (C) 2008 The R Foundation for Statistical Computing Copyright (C) 2008 The R Foundation for Statistical Computing
Linha 108: Linha 108:
  
 O estado de espera ocorre quando o usuário envia um comando incompleto, o que é indicado por um sinal de "''​+''":​ O estado de espera ocorre quando o usuário envia um comando incompleto, o que é indicado por um sinal de "''​+''":​
-<​code>​+<​code ​rsplus>
 > >
 > log(2 > log(2
Linha 127: Linha 127:
 Como nos exemplos abaixo: Como nos exemplos abaixo:
  
-<​code>​+<​code ​rsplus>
 > plot(x=area,​y=riqueza) > plot(x=area,​y=riqueza)
 > plot(area, riqueza) > plot(area, riqueza)
Linha 168: Linha 168:
 Há, portanto, três maneiras de guardar os resultados de um comando em um objeto: Há, portanto, três maneiras de guardar os resultados de um comando em um objeto:
  
-<​code>​+<​code ​rsplus>
 > a <- sqrt(4) > a <- sqrt(4)
 > b = sqrt(4) > b = sqrt(4)
Linha 175: Linha 175:
  
 Para exibir o conteúdo de um objeto, basta digitar seu nome Para exibir o conteúdo de um objeto, basta digitar seu nome
-<​code>​+<​code ​rsplus>
 > a > a
 [1] 2 [1] 2
Linha 186: Linha 186:
 Se a atribuição é para um objeto que não existe, esse objeto é criado. **Mas cuidado**: se já há um objeto com o mesmo nome na sua área de trabalho, seus valores serão substituídos:​ Se a atribuição é para um objeto que não existe, esse objeto é criado. **Mas cuidado**: se já há um objeto com o mesmo nome na sua área de trabalho, seus valores serão substituídos:​
  
-<​code>​+<​code ​rsplus>
 > a <- sqrt(4) > a <- sqrt(4)
 > a > a
Linha 199: Linha 199:
 ==== Mensagens de Erro e de Avisos ==== ==== Mensagens de Erro e de Avisos ====
 Como em qualquer linguagem, o R tem regras de sintaxe e grafia. Mas contrário das linguagens humanas, mesmo um pequeno erro torna a mensagem incompreensível para o R, que então retorna uma mensagem de erro: Como em qualquer linguagem, o R tem regras de sintaxe e grafia. Mas contrário das linguagens humanas, mesmo um pequeno erro torna a mensagem incompreensível para o R, que então retorna uma mensagem de erro:
-<​code>​+<​code ​rsplus>
 > logaritmo(2) > logaritmo(2)
 Erro: não foi posssível encontrar a função "​logaritmo"​ Erro: não foi posssível encontrar a função "​logaritmo"​
Linha 211: Linha 211:
  
 Em outros casos, o comando pode ser executado, mas com um resultado que possivelmente você não desejava. O R cria mensagens de alerta para os casos mais comuns desses resultados que merecem atenção : Em outros casos, o comando pode ser executado, mas com um resultado que possivelmente você não desejava. O R cria mensagens de alerta para os casos mais comuns desses resultados que merecem atenção :
-<​code>​+<​code ​rsplus>
 > log(-2) > log(-2)
 [1] NaN [1] NaN
Linha 223: Linha 223:
 Para sair do R, a forma mais fácil é usar o comando ''​q''​ (do inglês //​quit//​). ​ Nesse caso o R, lhe pergunda se você deseja //salvar// (gravar) Para sair do R, a forma mais fácil é usar o comando ''​q''​ (do inglês //​quit//​). ​ Nesse caso o R, lhe pergunda se você deseja //salvar// (gravar)
 sua sessão de trabalho. sua sessão de trabalho.
-<​code>​+<​code ​rsplus>
 > q() > q()
 Save workspace image? [y/​n/​c]: ​ Save workspace image? [y/​n/​c]: ​
Linha 243: Linha 243:
 O diretório a partir do qual você iniciou o R é o  **diretório de trabalho** dessa sessão. Para verificar seu diretório de trabalho, use o comando ''​getwd''​((acrônimo de "get working directory"​)): ​ O diretório a partir do qual você iniciou o R é o  **diretório de trabalho** dessa sessão. Para verificar seu diretório de trabalho, use o comando ''​getwd''​((acrônimo de "get working directory"​)): ​
  
-<​code>​+<​code ​rsplus>
 > getwd() > getwd()
 [1] "/​home/​paulo/​work/​Pos_grad/​Eco_USP/​cursoR"​ [1] "/​home/​paulo/​work/​Pos_grad/​Eco_USP/​cursoR"​
Linha 250: Linha 250:
 Para alterar o diretório de trabalho há a função ''​setwd'':​ Para alterar o diretório de trabalho há a função ''​setwd'':​
  
-<​code>​+<​code ​rsplus>
 > setwd("/​home/​paulo/​work/​treinos_R/"​) > setwd("/​home/​paulo/​work/​treinos_R/"​)
 > getwd() > getwd()
Linha 267: Linha 267:
 Se acontecer do computador ser desligado durante uma sessão do R, tudo que foi feito será perdido!!! Se acontecer do computador ser desligado durante uma sessão do R, tudo que foi feito será perdido!!!
 Para evitar isso, é interessante gravar com frequência o **workspace** utilizando o comando '''​save.image()''':​ Para evitar isso, é interessante gravar com frequência o **workspace** utilizando o comando '''​save.image()''':​
-<​code>​+<​code ​rsplus>
 > save.image() > save.image()
 > >
Linha 274: Linha 274:
 Por //​default//,​ o R gravará o workspace no arquivo ''​.RData'',​ e quando você reiniciar uma sessão, o R automaticamente **carrega** esse arquivo. Por //​default//,​ o R gravará o workspace no arquivo ''​.RData'',​ e quando você reiniciar uma sessão, o R automaticamente **carrega** esse arquivo.
 Mas você pode salvar em outro arquivo utilizando o **argumento** ''​file''​ da função: Mas você pode salvar em outro arquivo utilizando o **argumento** ''​file''​ da função:
-<​code>​+<​code ​rsplus>
 > save.image(file="​minha-sessao-introdutoria.RData"​) > save.image(file="​minha-sessao-introdutoria.RData"​)
 > >
Linha 281: Linha 281:
 Como o R carrega automaticamente apenas o arquivo ''​.RData''​ que está no diretório de trabalho, caso deseje carregar outros arquivos você deverá usar a função ''​load'':​ Como o R carrega automaticamente apenas o arquivo ''​.RData''​ que está no diretório de trabalho, caso deseje carregar outros arquivos você deverá usar a função ''​load'':​
  
-<​code>​+<​code ​rsplus>
 ># Carrega um arquivo de workspace no mesmo diretório ># Carrega um arquivo de workspace no mesmo diretório
 > load(file="​minha-sessao-introdutoria.RData"​) > load(file="​minha-sessao-introdutoria.RData"​)
Linha 292: Linha 292:
 Se você quiser salvar apenas alguns objetos (digamos, os resultados das suas análises), você pode usar o comando ''​save'':​ Se você quiser salvar apenas alguns objetos (digamos, os resultados das suas análises), você pode usar o comando ''​save'':​
  
-<​code>​+<​code ​rsplus>
 > save(modelo1,​ file="​meu_modelo.RData"​) > save(modelo1,​ file="​meu_modelo.RData"​)
 > save(dados, modelo1, modelo2, file="​meus_modelos.RData"​) > save(dados, modelo1, modelo2, file="​meus_modelos.RData"​)
Linha 300: Linha 300:
  
 O comando ''​save''​ aceita o resultado de outros comandos. Por exemplo, o código abaixo equivale ao comando save.image():​ O comando ''​save''​ aceita o resultado de outros comandos. Por exemplo, o código abaixo equivale ao comando save.image():​
-<​code>​+<​code ​rsplus>
 > save (list=ls(), file="​tudo.RData"​) > save (list=ls(), file="​tudo.RData"​)
 </​code>​ </​code>​
03_apostila/01-intro.txt · Última modificação: 2020/08/20 16:10 por adalardo