Ferramentas do usuário

Ferramentas do site


05_curso_antigo:r2015:alunos:trabalho_final:julia.raices:start

Júlia Beck Raíces

Sou aluna de mestrado do departamento de Genética e Biologia Evolutiva, orientada pela professora Maria Vibranovski. Trabalho desde a iniciação científica com a expressão de genes durante a espermatogênese de Drosophila melanogaster1) e Mus musculus2). O título da minha dissertação é “Contribuição da seleção natural e aspectos mutacionais na expressão de genes novos durante a espermatogênese”.

Meus Exercícios

Meus exercícios da disciplina serão postados aqui: Exercícios Júlia

Proposta de Trabalho Final

Proposta 0

Aceito sugestões. Não sei coisas de eco o suficiente pra fazer coisas lindas que nem nos outros anos, e nem sou tão boa em matemática pra fazer as coisas incríveis de probabilidade e cálculo… >.<

Proposta 1/2

Durante o curso de Modelagem Estatítica para Ecologia e Recursos Naturais fiz um ensaio sobre Verossimilhança. Assim, proponho que eu faça uma versão piorada da função de verossimilhança do R, para compreender melhor a função e criar uma relação entre os trabalhos dessas duas disciplinas.

Proposta 1

Existem algumas de palavras que tornam um texto emocionalmente positivo ou negativo 3), assim uma vez em posse dessas listas, proponho fazer um programa que receba um texto e de acorod com a proporção de palavras emocionalmente positivas ou negativas, classifique os textos como emocionalmente positivos ou negativos. Além disso existirá a opção de mandar os textos e os bancos de palavras de duas classes para que os textos sejam classificados em uma ou outra classe. [Ideia da Vivi, gratidão Vivi]

Proposta 2

Um programa que receba como input um data frame com a disponibilidade de docentes para dar aulas durante uma semana (cada coluna seria algo como: nome seguido de dias que pode lecionar), e devolve um dataframe com as aulas de duas turmas para aqueles/aquelas docentes com quatro aulas por dia.

Jú, gostei mais da proposta 2 (e sei que ela seria útil pra você, há anos que vejo você falando “nãaaao, tenho que encaixar os horários dos professores!”) e ela me parece ser bem bacana de se fazer! Gostaria que você detalhasse mais os objetos de entrada e saída da função, que indicasse quais seriam os possíveis argumentos e que descrevesse o passo-a-passo da função (em português mesmo, não em computês). Isso me ajudaria a avaliar melhor a proposta e já te ajudaria a ter um norte de como fazê-la também (: Obs.: As propostas 1/2 e 1 também são bacanas! Se você se decidir por alguma delas, é só detalhar mais como eu pedi para a 2.

—-Luísa Novara

Lu, quando parei pra fazer isso que você pediu percebi que de fato a proposta 2 é meio longa pra ser feita agora pra essa disciplina. Mas, será feita pra próxima grade que eu tiver que montar! ^^ Por isso resolvi seguir a proposta da Vivi (proposta 1). O que a função receberia é um texto em formato .txt que será lido como uma série de palavras. E cada palavra será comparada às palavras presentes em um banco de dados (que eu vou criar a partir dos artigos que a Vivi me passou) e definidas como emocionalmente positivas ou negativas (ou não serão classifciadas como nada). Depois vou comparar a proporção de palavras “positivas” ou “negativas” e classificar o texto como um todo como emocionalmente positivo ou negativo, e isso que a função retornaria. Se isso não me fritar o cérebro, a idéia é aprimorar a funçãopara que ela possa ainda receber as listas de palavras “boas” ou “ruins” pensando em algum outro critério da própria usuária. Consegui explicar melhor ou ainda ficou confuso?

Júlia Raíces

Comentários Vitor Rios

Júlia, sem querer jogar um balde água fria, existe um prêmio de um milhao de dólares pra quem conseguir resolver a sua proposta 2: P versus NP Sua proposta 1 seria apenas a soma de positivas versus negativa ou é um calculo mais complicado? note que ela pode ser facilmente expandida para calcular qualquer caracteristica do texto com base em listas de palavras: nivel de compreensão, nível de formalidade, felicidade, nível de palavras tecnicas. Um bom desafio (e que aumentaria a aplicabilidade da sua função, mas que não é necessário) seria fazer o calculo baseado não somente na string exta, mas nas variações de genero, plural e conjugação (aluno/alunas). para isso, veja como usar “regular expressions”

Resposta da Júlia

Oi Vitor,

desculpa a demora pra te responder, como já tinha falado com a Lu, comecei a fazer a função e nem tinha voltado mais aqui..

Acho que eu não expliquei bem a proposta 2, por que ela certamente não é a resposta de P versus NP, inclusive por que já foi resolvida e tem programas (pagos) que resolvem grade horária. Mas concordo contigo que ela é muito complexa e eu não conseguiria fazer ela até dia 10, vai precisar de bem mais tempo… rs

Vou dar uma olhada em “regular expressions” pra ver se consigo fazer isso, mas acho bem pouco provável, dado que tudo já está o caos… >.<

Muito obrigada pelas dicas, e não se preocupe, não pretendo responder nenhum dos 7 (ok, 6, por que resolveram um deles, não foi?) problemas do milênio… rs

Jújú, vamos combinar de fazer juntas essa sua função do cronograma! *.*

—-Luísa Novara

O Tal Trabalho Final

O código da função e help da mesma função feita para a proposta 1 seguem nesse link: Trabalho Final da Júlia Raíces

1)
aka mosquinha-fofa-da-banana
2)
aka camundongo-bonitinho-de-laboratório
3)
de acordo com a monitora-linda Viviane Santos que ficou de me passar alguns desses artigos pra eu ler e colocar aqui de referência
05_curso_antigo/r2015/alunos/trabalho_final/julia.raices/start.txt · Última modificação: 2020/08/12 06:04 (edição externa)